Minas Acontece - Uma máquina de $ 4 Milhões de Euros
Minas Acontece - O que acontece em Minas você fica sabendo primeiro aqui! Notícias: Alfenas - Guaxupé - Machado - Pouso Alegre
Minas Acontece Home    Fale Conosco  

Galeria de Fotos   |   Vídeos  

PÁGINA PRINCIPAL  |  ALFENAS  |  ALTEROSA  |  AREADO  |  CAMPOS GERAIS  |  GUAXUPÉ  |  JURUAIA  |  MACHADO  |  PARAGUAÇU  |  
POÇOS DE CALDAS  |  POUSO ALEGRE  |  SERRANIA  |  VARGINHA
Polícia       Política       Geral       Economia       Esporte       Cultura       Eventos       Guia Comercial      Contato Buscar:


Uma máquina de $ 4 Milhões de Euros
8/6/2010
compartilhe:

Audi e-tron mostra que esportivos também podem ser verdes
 
Demos uma volta rápida no conceito elétrico de 313 cv baseado no R8

Texto:
Rodrigo Ribeiro
Fotos: Mário Villaescusa/Divulgação



(08-06-10) - Sempre que me perguntam como é acelerar um esportivo, tento descrever como é a sensação de grudar no banco do carro enquanto ele dispara, deixando para trás apenas marcas de pneu e o rugido do escapamento. Bem, graças à Audi, minha tarefa ficou um pouco mais fácil, pois não preciso mais explicar como é o som do bólido. Ao menos com o e-tron.

Vedete do 10º Michelin Challenge Bibendum, o conceito baseado no R8 reúne o design do superesportivo alemão com a sustentabilidade dos carros verdes. Equipado com quatro motores elétricos (um para cada roda), o e-tron tem potência total de 313 cv e aposta na tendência dos esportivos ecológicos.

Graças à característica de torque instantâneo dos motores elétricos, o e-tron é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 4,8 segundos. Quase tão rápido quanto o R8 V8 de 420 cv (4,6 s), mas sem deixar rastros de fumaça para trás. A velocidade máxima foi limitada a 200 km/h para não descarregar rapidamente as baterias.

Não pudemos avaliar a estabilidade do cupê nem o poder dos freios com discos de grande diâmetro que equipam ele. Construído artesanalmente, o modelo é avaliado em € 4 milhões, apesar da Audi afirmar não ter contabilizado o custo total do projeto. Um valor alto demais para ser posto em risco no pavilhão de exposições do Riocentro.

Porém o curto test-drive mostrou que o esportivos verdes são viáveis. Ao contrário de outros conceitos expostos no Challenge Bibendum, o e-tron possuía acabamento e qualidade de construção comparada a de carros de produção. A posição de dirigir é idêntica à do R8, apesar do volante mais pesado – a direção não possui assistência.

Os retrovisores externos foram substituídos por câmeras e telas coloridas, que também são encontradas onde seria o painel de instrumentos. A abertura e fechamento das portas é feita por botões sensíveis ao toque, enquanto uma pequena alavanca seleciona a ordem de marcha: frente, neutro ou ré.

Pesadas (470 kg), as baterias de 230 volts dão ao e-tron autonomia para 248 km de rodagem em ciclo misto, segundo a Audi. A fábrica afirma que o tempo de recarga demora entre 6 a 8 horas. Espera que passa despercebida após gastar poucos segundos para disparar pelo asfalto à frente. Que venham os esportivos elétricos!

Fonte: MSN



compartilhe:










New Page 8

 
Notícias >  Cultura  |  Esportes  |  Economia  |  Geral  |  Polícia  |  Política

Classificados >  Geral  |  Imóveis  |  Veículos

Home       Fale Conosco  

Fone:35 8705-5331
Todos direitos reservados.