Minas Acontece - Expansão de universidade e empresas aumenta déficit habitacional
Minas Acontece - O que acontece em Minas você fica sabendo primeiro aqui! Notícias de: Alfenas, Alterosa, Areado, Campos Gerais, Guaxupé, Juruaia, Machado, Paraguaçu, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Serrania e Varginha.

Supermercado Nobre

Minas Acontece Home    Fale Conosco  

Galeria de Fotos   |   Vídeos  

PÁGINA PRINCIPAL  |  ALFENAS  |  ALTEROSA  |  AREADO  |  CAMPOS GERAIS  |  GUAXUPÉ  |  JURUAIA  |  MACHADO  |  PARAGUAÇU  |  
POÇOS DE CALDAS  |  POUSO ALEGRE  |  SERRANIA  |  VARGINHA
Polícia       Política       Geral       Economia       Esporte       Cultura       Eventos       Guia Comercial      Contato Buscar:


Expansão de universidade e empresas aumenta déficit habitacional
26/07/2010
compartilhe:

Hoje faltam 3 mil moradias

Quem procura uma casa ou imóvel para comprar em Itajubá, no Sul de Minas, tem encontrado muita dificuldade. Com a expansão da Unifei e da Helibrás, o número de habitantes vem aumentando. Para muita gente, o jeito é ficar na lista de espera das imobiliárias e sem tempo determinado.

A dificuldade para encontrar um imóvel em Itajubá é reflexo do crescimento da cidade. Hoje o déficit habitacional chega a 3 mil moradias. E esse número deve aumentar nos próximos anos. Um dos motivos é a expansão da Unifei, Universidade Federal de Itajubá. Seis novos cursos foram inaugurados nos últimos 3 anos e mais 3 devem ser implantados até o ano que vem, oferecendo 125 novas vagas. Mais alunos e professores estão vivendo na cidade.

O bom desempenho da Helibrás, única fábrica de helicópteros da América do Sul, também contribui para esse quadro. Hoje são 300 funcionários. Mas a nova unidade já começou a ser construída e pelo menos outras 300 pessoas devem ser contratadas até 2012.

A Prefeitura de Itajubá reconhece o problema e busca parceria para suprir a falta de oferta de imóveis no município. De olho na demanda crescente de imóveis residenciais, uma construtora de Bragança Paulista (SP) começa a investir na cidade. Sete prédios, com 122 apartamentos, devem ser construídos nos próximos meses.

De acordo com a Fundação João Pinheiro, Minas Gerais tem hoje um déficit de pouco mais de 1 milhão de casas. É o 2º maior déficit de moradias da região Sudeste, perdendo só para o Estado de São Paulo.



compartilhe:


















New Page 8

 
Notícias >  Cultura  |  Esportes  |  Economia  |  Geral  |  Polícia  |  Política

Classificados >  Geral  |  Imóveis  |  Veículos

Home       Fale Conosco  

Fone:35 8705-5331
Todos direitos reservados.