Minas Acontece - Rios em situação preocupante em Minas Gerais
Minas Acontece - O que acontece em Minas você fica sabendo primeiro aqui! Notícias: Alfenas - Guaxupé - Machado - Pouso Alegre
Minas Acontece Home    Fale Conosco  

Galeria de Fotos   |   Vídeos  

PÁGINA PRINCIPAL  |  ALFENAS  |  ALTEROSA  |  AREADO  |  CAMPOS GERAIS  |  GUAXUPÉ  |  JURUAIA  |  MACHADO  |  PARAGUAÇU  |  
POÇOS DE CALDAS  |  POUSO ALEGRE  |  SERRANIA  |  VARGINHA
Polícia       Política       Geral       Economia       Esporte       Cultura       Eventos       Guia Comercial      Contato Buscar:


Rios em situação preocupante em Minas Gerais
28/7/2010
compartilhe:



Apenas o rio das Velhas registrou melhorias na qualidade da água

Um estudo realizado pela Fundação SOS Mata Atlântica traz um alerta para Minas. De acordo com a pesquisa, que se encontra em sua segunda etapa, os seis rios analisados possuem águas impróprias para o consumo. Quatro deles - ribeirão Arrudas, Paraibuna, rio de Todos os Santos e Caratinga - tiveram suas águas classificadas como ruins. Já o São Francisco e o córrego Vieira foram considerados aceitáveis - ou seja, é necessário tratamento para que a água se torne potável.

Os dados foram colhidos uma única vez em cada rio nos meses de maio e julho deste ano. Os técnicos da SOS Mata Atlântica visitaram 59 cidades em todo o país na primeira etapa do estudo. Eles pretendem ir a outras 49 até maio de 2011.

De acordo com a coordenadora de projetos da SOS Mata Atlântica, Malu Ribeiro, dos seis cursos d´água avaliados em Minas, apenas o rio das Velhas apresentou melhoria da qualidade. Os demais tiveram piora. Malu explica que a principal causa da queda da qualidade das águas dos rios em Minas é o pouco investimento em saneamento básico, principalmente nos municípios do interior do Estado.

Dados da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) de Minas Gerais apontam que apenas 33 % dos cerca de 20 milhões de mineiros contam com o serviço de tratamento de esgoto.

"Hoje, ao contrário dos anos 90, a principal poluição dos rios vem das casas. Antes era das indústrias. Isso acontece devido à urbanização intensa de regiões onde estão as nascentes dos rios". Segundo a coordenadora, Minas segue uma tendência nacional, que mostra que 70% dos rios estão contaminados por falta de saneamento.

Apesar de confirmar as dados levantados pela SOS Mata Atlântica, a diretora de monitoramento e fiscalização do Instituto Mineiro de Gestão das Águas, Marília Melo, informou que o Estado trabalha para melhorar o saneamento básico. Segundo a Semad, em 2003 apenas 3% dos mineiros recebiam tratamento de esgoto e em 2010 o número subiu para 33%. "Com o aumento da população o investimento tem que ser contínuo. A melhoria da qualidade do rio demanda tempo".

Retirada de entulho já tem data marcada
Deve ser concluída até a próxima sexta-feira, a retirada do entulho restante das obras de rebaixamento e concretagem do ribeirão Arrudas e da limpeza e revitalização das ruas do entorno. As reformas, realizadas em parceria da Prefeitura de Belo Horizonte e a Copasa, já foram encerradas.
Foram investidos cerca de R$ 56 milhões. A obra tem o objetivo de proteger os interceptores de esgoto nas laterais do Arrudas, num total de 3.120 m. O trecho, na avenida Tereza Cristina, fica entre as ruas Uberaba, no Barro Preto, e Vila Rica, no Coração Eucarístico. (RR)



Fonte: O tempo



compartilhe:












New Page 8

 
Notícias >  Cultura  |  Esportes  |  Economia  |  Geral  |  Polícia  |  Política

Classificados >  Geral  |  Imóveis  |  Veículos

Home       Fale Conosco  

Fone:35 8705-5331
Todos direitos reservados.