Minas Acontece - Justiça nega medicação para paciente com câncer
Minas Acontece - O que acontece em Minas você fica sabendo primeiro aqui! Notícias de: Alfenas, Alterosa, Areado, Campos Gerais, Guaxupé, Juruaia, Machado, Paraguaçu, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Serrania e Varginha.

Supermercado Nobre

Minas Acontece Home    Fale Conosco  

Galeria de Fotos   |   Vídeos  

PÁGINA PRINCIPAL  |  ALFENAS  |  ALTEROSA  |  AREADO  |  CAMPOS GERAIS  |  GUAXUPÉ  |  JURUAIA  |  MACHADO  |  PARAGUAÇU  |  
POÇOS DE CALDAS  |  POUSO ALEGRE  |  SERRANIA  |  VARGINHA
Polícia       Política       Geral       Economia       Esporte       Cultura       Eventos       Guia Comercial      Contato Buscar:


Justiça nega medicação para paciente com câncer
14/05/2020
compartilhe:

O Estado alega que outra medicação faz o mesmo efeito, porém exames comprovam que não, enquanto isso o paciente corre risco de vida. 

height=290
 
Um paciente com câncer da cidade de Monte Belo-MG, que faz tratamento no Centro de Oncologia do Hospital Santa Casa da cidade de Alfenas-MG, está correndo risco de vida sem a medicação para controlar um câncer. Na tarde desta quarta-feira (13/05), o paciente Maxiel Eduardo Bianchini, 38 anos, mesmo debilitado, cedeu uma entrevista para o MinasAcontece. 

height=420

Segundo Maxiel, ele fez uma cirurgia para retirar um câncer em um dos rins, com o tempo o câncer se espalhou para o fígado e no pulmão. No começo do tratamento uma outra medicação não fez nenhum efeito e então o médico que acompanha o paciente, Dr. Allen Lopes Petrini, receitou outra medicação, Pazopanibe 400mg, onde Maxiel tomava dois comprimidos ao dia e exames comprovaram que o câncer estava diminuindo. Porém há 5 meses a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MG), parou de fornecer a medicação que hoje custa R$ 14 mil reais. 

height=432

Através de uma ação judicial, o TJMG (Tribunal de Justiça de Minas Gerais), indeferiu o pedido para que o estado pagasse a medicação, sobre a mesma alegação que outra medicação faria o mesmo efeito, mas sendo que essa medicação o paciente usou no começo do tratamento e não fez nenhum efeito. Enquanto nenhuma providência é tomada, exames comprovam que o câncer está aumentando no paciente que há 5 meses não tem mais o fornecimento da medicação e fica esperando que a nossa justiça realmente se faça para os que realmente precisam. 

Da Redação


compartilhe:















New Page 8

 
Notícias >  Cultura  |  Esportes  |  Economia  |  Geral  |  Polícia  |  Política

Classificados >  Geral  |  Imóveis  |  Veículos

Home       Fale Conosco  

Fone:35 8705-5331
Todos direitos reservados.