Minas Acontece - URGENTE: Medicamentos para UTI nos Hospitais de Minas Gerais estão em falta
Minas Acontece - O que acontece em Minas você fica sabendo primeiro aqui! Notícias de: Alfenas, Alterosa, Areado, Campos Gerais, Guaxupé, Juruaia, Machado, Paraguaçu, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Serrania e Varginha.

Supermercado Nobre

Minas Acontece Home    Fale Conosco  

Galeria de Fotos   |   Vídeos  

PÁGINA PRINCIPAL  |  ALFENAS  |  ALTEROSA  |  AREADO  |  CAMPOS GERAIS  |  GUAXUPÉ  |  JURUAIA  |  MACHADO  |  PARAGUAÇU  |  
POÇOS DE CALDAS  |  POUSO ALEGRE  |  SERRANIA  |  VARGINHA
Polícia       Política       Geral       Economia       Esporte       Cultura       Eventos       Guia Comercial      Contato Buscar:


URGENTE: Medicamentos para UTI nos Hospitais de Minas Gerais estão em falta
03/07/2020
compartilhe:

Hospital de Alfenas só irá atender pacientes das outras 26 cidades se as prefeituras fornecerem medicamentos.

height=337

O Hospital Santa Casa da cidade de Alfenas-MG não terá mais vagas na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para outras cidades, a decisão foi tomada pela Coordenação Médica das UTI’s e Geral do hospital.

O motivo não é a falta de leitos e nem de respiradores, mas sim de medicamentos que atinge todo o estado, porém não é culpa da Secretaria Estadual de Saúde. Nossa reportagem apurou que os países que exportam os medicamentos para o Brasil e o restante do mundo, estão deixando de exportar devido ao aumento de casos de coronavírus, ocasionando a falta de vários medicamentos utilizados nas UTI’s, principalmente nos pacientes em tratamento do COVID-19.

Entre os medicamentos em falta estão, sedativos, anestésicos, bloqueadores neuromusculares e analgésicos potentes. As cidades da região que solicitarem a internação do paciente terão que encaminhar também os medicamentos. Esse protocolo permanecerá até a reposição dos fornecedores e laboratórios no hospital. O Ministério Público (MPMG) também foi avisado da situação que pode aumentar o número de casos em todos os municípios. A situação pode piorar em todo o país com o aumento no número de mortes.


height=763

O Ministério da Saúde afirma que já adotou providências para regularizar o abastecimento dos hospitais, e que os primeiros lotes com medicamentos vão chegar nos próximos dias e ainda reforçou, a responsabilidade da compra é dos municípios ou dos próprios hospitais. Mas que tem ajudado os governos locais, diante das dificuldades impostas pela pandemia do coronavírus.

O Governo de Minas e as prefeituras tem dinheiro sobrando, mas não tem como comprar os remédios. Fique em casa quem tem condições e vai trabalhar quem precisa.

 

Por Pedro Alencar Azevedo



compartilhe:
















New Page 8

 
Notícias >  Cultura  |  Esportes  |  Economia  |  Geral  |  Polícia  |  Política

Classificados >  Geral  |  Imóveis  |  Veículos

Home       Fale Conosco  

Fone:35 8705-5331
Todos direitos reservados.