Minas Acontece - Quantidade de atestados médicos da Santa Casa gera suspeita em empresários de Alfenas
Minas Acontece - O que acontece em Minas você fica sabendo primeiro aqui! Notícias de: Alfenas, Alterosa, Areado, Campos Gerais, Guaxupé, Juruaia, Machado, Paraguaçu, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Serrania e Varginha.

Supermercado Nobre

Minas Acontece Home    Fale Conosco  

Galeria de Fotos   |   Vídeos  

PÁGINA PRINCIPAL  |  ALFENAS  |  ALTEROSA  |  AREADO  |  CAMPOS GERAIS  |  GUAXUPÉ  |  JURUAIA  |  MACHADO  |  PARAGUAÇU  |  
POÇOS DE CALDAS  |  POUSO ALEGRE  |  SERRANIA  |  VARGINHA
Polícia       Política       Geral       Economia       Esporte       Cultura       Eventos       Guia Comercial      Contato Buscar:


Quantidade de atestados médicos da Santa Casa gera suspeita em empresários de Alfenas
03/09/2020
compartilhe:

Funcionários das empresas estariam pegando atestado de 14 dias, após mentir aos médicos e não serem melhor avaliados.

height=425

Nesta semana a produção do site MinasAcontece recebeu diversas reclamações de empresários da cidade de Alfenas-MG, que estão recebendo muitos atestados médicos emitidos por médicos do Hospital Santa Casa. Os empresários questionam que os atestados médicos estariam sendo emitidos sem o código da Classificação Internacional de Doenças (CID) é uma relação de doenças identificadas por meio de códigos, organizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), com objetivo de monitorar dados estatísticos, apesar que em 2019 o Tribunal Superior do Trabalho afirmou a ilegalidade da cobrança, ficando decidido que a relação médico-paciente irá prevalecer e o CID não deverá ser cobrado como requisito para a validade do atestado médico e abono de faltas.

Mas o que intriga os empresários é que tem funcionários que estariam passando todo o final de semana ingerindo bebidas alcóolicas, na segunda-feira indo para o Hospital Santa Casa, alegando que teve contato com pessoas contaminadas e estariam sendo afastados por 14 dias das atividades para ficarem em isolamento domiciliar, porém não estariam cumprindo e sim indo curtir, beber e alguns até para uma pescaria. Um dos empresários que não quis se identificar, cedeu uma entrevista para a nossa produção alegando que os funcionários estariam dando dicas para os colegas dizerem no hospital que tiveram contato com pessoas contaminadas para serem afastados do trabalho.

O empresário ainda disse que não sabe mais o que fazer, porque se continuar recebendo essa quantidade de atestados vai ter que fechar a empresa por alguns dias, acumulando ainda mais prejuízos em meio a pandemia, porém questionou antes de ser emitido o atestado médico, seja feito um teste rápido para saber se a pessoa está contaminada, caso o resultado seja positivo, daí seria emitido o atestado médico no qual cita o isolamento social.

Na manhã desta quinta-feira (03/09) nossa produção recebeu outra reclamação, onde a esposa de um rapaz que não quis se identificar relatou que no dia 26 de agosto foi até o Hospital Santa Casa, com febre e dor de cabeça, emitiram o atestado de 09 dias em isolamento, porém somente quando faltava dois dias para vencer o atestado o hospital ligou para fazer o teste e o resultado foi positivo, mesmo a paciente não tendo mais nenhum sintoma. Outro caso uma mulher teria feito o exame, o resultado foi positivo, mas como não tinha nenhum sintoma foi liberada para trabalhar. 


Da Redação


compartilhe:


















New Page 8

 
Notícias >  Cultura  |  Esportes  |  Economia  |  Geral  |  Polícia  |  Política

Classificados >  Geral  |  Imóveis  |  Veículos

Home       Fale Conosco  

Fone:35 8705-5331
Todos direitos reservados.