Minas Acontece - Câmara Municipal não vai investigar vereador que apresentou NOTA FRIA
Minas Acontece - O que acontece em Minas você fica sabendo primeiro aqui! Notícias de: Alfenas, Alterosa, Areado, Campos Gerais, Guaxupé, Juruaia, Machado, Paraguaçu, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Serrania e Varginha.
Supermercado Nobre
Minas Acontece Home    Fale Conosco  

Galeria de Fotos   |   Vídeos  

PÁGINA PRINCIPAL  |  ALFENAS  |  ALTEROSA  |  AREADO  |  CAMPOS GERAIS  |  GUAXUPÉ  |  JURUAIA  |  MACHADO  |  PARAGUAÇU  |  
POÇOS DE CALDAS  |  POUSO ALEGRE  |  SERRANIA  |  VARGINHA
Polícia       Política       Geral       Economia       Esporte       Cultura       Eventos       Guia Comercial      Contato Buscar:


Câmara Municipal não vai investigar vereador que apresentou NOTA FRIA
23/1/2012
compartilhe:


O Secretário geral do PSB, Fábio Sossur (Fô) amarrando as faixas na grade da Câmara Municipal de Alfenas

Nesta segunda fomos a Câmara Municipal ver qual seria a opnião dos vereadores sobre o esquema de "NOTA FRIA"



Populares colocaram faixas em protesto ao vereador que apresentou nota fiscal falsa para embolsar mil reais. Câmara Municipal não vai fazer nada, a esperança é o Ministério Publico. O vereador José Batista defendeu Sander com unhas e dentes, mesmo sabendo que o vereador Sander Simaglio assumiu e devolveu os Mil Reais. Apenas o vereador Éneias comentou em plenario que quer que investigue o caso.
 



PEGAMOS TODOS OS VEREADORTES DE SURPRESA NA CHEGADA, CONFIRA O VIDEO:

Nossa reportagem ficou sabendo através de outros meios de comunicação da cidade de Alfenas que o vereador Sander Simaglio apresentou nota fria para justificar gastos. Vários promotores estão no caso e o presidente da câmara Guinho também é réu no processo por ter autorizado esse ato de nota falsa do Sander. Com posse destas informações fomos à câmara municipal questionar os vereadores o que iriam fazer diante dos fatos comprovados.  Ao chegarmos no local deparamos com varias faixas amarradas do lado de fora da câmara em protesto ao crime de peculato.


Vereador José Batista defende Sander em plenário e ainda diz que o momento é inoportuno para que a Câmara se envolva. "ABAFA"

Alguns ficaram em cima do muro e se omitiram já o vereador José Batista surpreendeu e tomou as dores de Sander, fez um discurso de defesa em plenário a favor do vereador e ainda elogiou a ONG MGA fundada por Sander. ONG essa que já arrecadou mais de meio milhão de reais de dinheiro publico. O teatro estava armado, pois o vereador Sander entrou mudo e saiu calado da reunião, não quis dar satisfação para o Minas Acontece e nem para população em plenário

 

José Batista disse que não cabe a Câmara Municipal investigar e sim ao Ministério Publico que foi quem iniciou o processo. Ou seja não é com ele o problema. Ele foi aplaudido por apenas uma pessoa: A “famosa” Edvirges do Pinheirinho. Onde será que ela trabalha? Quanto ganha para bater palma? Todos os outros presentes na platéia ficaram indignados e decepcionados com o vereador José Batista-PMDB.


Um vereador contra nove, será que ele consegue? Enéias "O solitário" 

Apenas o Vereador Enéias cobrou que a câmara tomasse alguma atitude porque era evidente a cobrança da população. “Não devemos ser omissos” disse Enéias-PRTB. Ele teve uma opinião firme diante das denuncias contra Sander.

Nosso repórter Pedrinho estava na platéia e perdeu a paciência e fez o pedido para fazer o uso da tribuna para questionar o assunto de “CRIME DE PECULATO”. Pelo regimento interno da câmara se os vereadores quisessem eles poderiam colocar em votação o pedido de tribuna de Pedrinho, como já aconteceu outras vezes. O Presidente da Câmara Guinho mandava Pedrinho ficar quieto e ele se alterava ainda mais, Pedrinho estava totalmente indignado com a brincadeira de cobra cega que estava rolando na câmara municipal. No calor da discutição o vereador Jose Batista mais uma vez em defesa de Sander tentou desqualificar o pedido de Pedrinho dizendo que pré- candidatos tem que se inscrever anteriormente. Pedrinho gritou de longe “não sou candidato a nada se o senhor esta se referindo a mim e é uma vergonha eu ter que estar aos gritos aqui, pois essa função teria que ser de um de vocês vereadores”.


Se os vereadores quisessem votar de ultima hora para que Pedro Alencar Azevedo pudesse falar, eles poderiam ter feito isso.

“È por isso que eu não faço matérias sobre a Câmara Municipal, porque se é para fazer algo que faça direito e toda vez que eu vou lá não consigo me controlar e de repórter acabo virando um cidadão indignado que não consegue se manter calado diante de todo aquele circo armado. Não preciso de Tribuna Livre, afinal nunca me deixam falar mesmo, lá tinha no máximo 30 pessoas me ouvindo, aqui pelo site no mínimo 3mil pessoas vão ver. Acho que eles não vão liberar, mas eu vou fazer a inscrição para falar na tribuna, para pedir CPI DA NOTA FRIA e apuração e cassação dos envolvidos se for provado o crime. ” Pedrinho Alencar

Quem tem a capacidade de apresentar uma nota fria de mil reais, imagina o que ele pode fazer com uma ONG que arrecadou mais de meio milhões de reais? E o mais estranho que esse ano o MGA não solicitou verba do município para fazer PARADA GAY. Será que as notas fiscais da ONG Movimento Gay de Alfenas são quentes?

Alfenas tem a certeza que o Poder Legislativo nada vai fazer sobre esse caso, agora a esperança dos moradores de Alfenas é que o Ministério Publico não perca o foco e pegue as pessoas que praticaram crime de peculato na Camara Municipal de Alfenas.

Veja o video com a opnião de cada vereador, Sander indo para os fundos para não dar declaração sobre o caso e a indignação de Pedrinho com os vereadores:

 

 


 Da Redação

_________________________________________________________________________________________________________

Vamos repetir uma matéria antiga do Minas Acontece para recordarem do enriquecimento rápido do Vereador Sander Simaglio:

ONG fundada por vereador já arrecadou mais de meio Milhão de Reais
1/11/2011




Vereador Sander de férias

Nesta segunda-feira(31/10), o cidadão Fabio Sossur (FÔ), fez o uso da tribuna livre,  para tratar de assuntos de interesse do município e direito de resposta. Ao subir na tribuna começou um verdadeiro bate boca entre o vereador Sander e FÔ.

Segundo Fô, ele usou a tribuna, devido à reunião que ocorreu semana passada, onde o vereador Sander citou o nome dele e o acusou de “meter o pau no PT” e o provocou pedindo para que ele usasse a tribuna nesta segunda-feira se quisesse falar alguma coisa.

Ao usar a tribuna, Fô começou a questionar Sander sobre repasses financeiros de dinheiro publico para ONG MGA (Movimento Gay de Alfenas), disse ele, segundo o portal transparência do Governo Federal, o MGA já recebeu mais de meio milhão de reais em sete anos e não vê resultados para o município. Em resposta Sander disse que é a única ONG que prestou contas corretamente e que recebeu mais de meio milhão de reais.  Sander desviou a conversa pedindo para que Fô investigasse também as outras ONGs, Dias Melhores e Fermento na Massa que tiveram um repasse financeiro bem maior que o MGA. Que uma delas chegou a receber muito mais de 500 mil por ano.

Fô disse também que nunca teve nada contra o PT, que teve divergências particulares com ex-prefeito Pompílio Canavez.

Fô e Sander começaram a debater religião em plenário, saindo do foco da inscrição inicial da tribuna. Ambos se exaltaram e começaram a proferir ataques pessoais. Sander não fez um esclarecimento claro com o que fez para Alfenas e os Gays com esse dinheiro.


O que o Fô não falou com medo de processo, o Pedrinho fala:

Com muito luxo e glamour, Sander vem sendo o Clodovil de Alfenas, esta conhecendo o mundo todo e faz questão de exibir suas viagens e luxos no seu facebook onde estavam estas fotos. Todos os gastos da ONG, deveriam ser licitados e o MGA não faz licitações.

 
Sander em férias em Páris e Londres conhecendo a Europa

Sander desde a ultima eleição para cá, trocou seu carro por uma Chevrolet Captiva 0km, Viajou com o namorado ao exterior, para Inglaterra, Itália, França e foi para Bariloche conhecer a neve, fora inúmeras viagens dentro do Brasil.  Montou uma loja de roupas de luxo no centro da cidade.  Sander não esta mais advogando, vivendo apenas do salário da Câmara Municipal.

 
Loja de luxo que Sander acabou de inaugurar e outras férias em Barilosche - Argentina

Na declaração de bens para deputado o ano passado ele tinha apenas R$17 reais em sua conta bancária. Da noite para o dia mudou de idéia, ia sair para deputado estadual e mudou para federal. Por semelhança, os repasses financeiros do MGA se multiplicaram de lá pra cá. O repasse financeiro do município para o MGA que era de menos de 10 mil reais foi para quase 50 mil reais, a ONG também recebeu dinheiro recursos financeiros do Governo Federal em 2010, cerca de 99 mil reais.  Fora os recursos recebidos em 2011.

Sander recebe muito dinheiro com diárias, mais do que seu próprio salário. Ele foi para Belo Horizonte, falar com duas pessoas e ficou cinco dias, recebeu 2400 reais de diárias. Em janeiro deste ano ele recebeu um salário liquido de R$ 2800 reais e gastou mais de R$ 5 mil com diárias.  Mas quando se trata de diárias, muitos vereadores gastaram até mais do que ele. 


Por Pedro Alencar Azevedo



compartilhe:


















New Page 8

 
Notícias >  Cultura  |  Esportes  |  Economia  |  Geral  |  Polícia  |  Política

Classificados >  Geral  |  Imóveis  |  Veículos

Home       Fale Conosco  

Fone:35 8705-5331
Todos direitos reservados.