Minas Acontece - Vítima cai em golpe de falso empréstimo após ouvir propaganda em rádio
Minas Acontece - O que acontece em Minas você fica sabendo primeiro aqui! Notícias: Alfenas - Guaxupé - Machado - Pouso Alegre
Minas Acontece Home    Fale Conosco  

Galeria de Fotos   |   Vídeos  

PÁGINA PRINCIPAL  |  ALFENAS  |  ALTEROSA  |  AREADO  |  CAMPOS GERAIS  |  GUAXUPÉ  |  JURUAIA  |  MACHADO  |  PARAGUAÇU  |  
POÇOS DE CALDAS  |  POUSO ALEGRE  |  SERRANIA  |  VARGINHA
Polícia       Política       Geral       Economia       Esporte       Cultura       Eventos       Guia Comercial      Contato Buscar:


Vítima cai em golpe de falso empréstimo após ouvir propaganda em rádio
23/12/2013
compartilhe:

Em Alfenas, na última quarta-feira (18/12), a VÍTIMA "C.R.R." procurou a Delegacia Regional de Polícia Civil e prestou queixa informando que ao ouvir uma propaganda na rádio SERRA NEGRA DE ALTEROSA de uma empresa de empréstimos de nome COOPERATIVA REGIONAL DE CRÉDITO.

A vítima entrou em contato com a mesma e foi informada que para ter liberado o empréstimo de R$ 20.000,00 teria que depositar a quantia de R$ 2.000,00  a título de taxa de seguro, o que fez, entretanto ao perceber que não foi liberado o valor do empréstimo entrou em contato novamente e foi informada de que teria que depositar a quantia de R$ 1.130,00  a título de liberação , no sia seguinte ao perceber que novamente não foi liberado o valor do empréstimo, ligou  para a empresa e foi informada de que deveria depositar a quantia de R$ 800,00, a título de "taxas do governo", momento em que percebeu se tratar de um golpe e exigiu seu dinheiro de volta, sendo informada de que deveria esperar cerca de 30 dias, ocorre que tais valores não foram restituídos até o momento.

 
A Polícia Civil irá rastrear o número de telefone, o endereço fornecido da suposta sede da empresa que seria em São Sebastião do Paraíso e o responsável pelo conta corrente onde a VÍTIMA depositou os valores pedidos, com o objetivo de identificar os autores do golpe.

A Polícia Civil informa que tais golpes são usuais e existem várias modalidades, geralmente sendo utilizados documentos falsos para abrirem contas correntes e adquirirem linhas telefônicas utilizadas nos golpes, devendo a população sempre desconfiar dos "bons negócios com lucro fácil".

height=300

 

CUIDADO COM OS ESTELIONATÁRIOS

 

Foi feito um levantamento pela Delegacia Regional de Polícia Civil de Alfenas sobre os tipos de golpes mais praticados por estelionatários, os quais se aproveitam da ingenuidade das vítimas e não raras vezes até mesmo da ganância para aplicar tais golpes.

A Polícia Civil informa aos cidadãos para tomarem cuidados com tais golpistas, sendo que os golpes mais aplicados são os seguintes:

- O falso sequestro – um indivíduo liga para a vítima e pergunta se ela tem um filho ou filha, quando a pessoa confirma, ele diz que está em poder do filho(a) e que é um sequestro, ameaçando matar o suposto filho(a), caso a pessoa desligue o telefone, nesse mesmo momento um comparsa do golpista passa a gritar por socorro e dizer que vai ser morto e pede ajuda ao pai ou mãe. A vítima diante da pressão psicológica acaba fazendo o que os bandidos pedem, ou seja, se dirige a um banco ou caixa eletrônico e deposita todo dinheiro que tem disponível em uma conta corrente, sendo que posteriormente descobre que seu filho(a) não foi sequestrado. A Polícia Civil recomenda que nunca forneça dados pessoais seus ou de sua família, e caso caia nesse tipo de golpe procure manter a calma e peça para alguém entrar em contato com seus familiares que supostamente estão sequestrados enquanto ganha tempo com os falsos sequestradores.

- O falso bilhete premiado – um indivíduo se aproxima da vítima dizendo que tem um bilhete premiado mas não tem tempo de ir buscar o prêmio, quando uma terceira pessoa surge na conversa e confirma que realmente o bilhete é premiado e tenta induzir a vítima a comprar o bilhete em sociedade, a vítima movida pela ganância acaba entregando suas economias aos golpistas.

- A falsa premiação em promoções – a vítima recebe uma mensagem pelo celular dizendo que foi premiada no programa do faustão, magazine luiza ou outros programas, e que deve ligar para um número para receber as informações de como receber o prêmio, quando liga um indivíduo diz que é necessário que a vítima deposite certa quantia em dinheiro em uma conta corrente, referente a impostos ou que compre créditos de celulares.

- O falso benefício – uma pessoa liga se passando por advogado, gerente de banco ou funcionário de uma instituição qualquer e diz que a vítima tem direito a receber certa quantia em dinheiro referente a benefícios do INSS ou outros processos, mas que para receber tem que depositar certa quantia para quitar os impostos ou custas do processo para poder receber tal valor. Muitas vezes os estelionatários fazem um depósito na conta corrente da vítima que a leva a crer que o dinheiro existe, entretanto, os golpistas efetuam depósito nos caixas eletrônicos fora da agência com envelopes vazios os quais realmente entram na conta corrente da vítima, mas com a ressalva de depósito a confirmar, o que não ocorre uma vez que o envelope ao chegar no caixa está vazio.

- O golpe do carro barato – golpistas anunciam nos meios de comunicação a venda de veículos com preço abaixo da tabela, sendo que a vítima acaba entrando em contato com tais golpistas os quais pedem depósitos adiantados como forma de “garantir” a venda do veículo, ou quitar eventuais impostos, sendo que a vítima após efetuar tais depósitos constata que caiu em um golpe.

- O golpe do falso promotor de Justiça – tal golpe é novo, indivíduo se fazendo passar por promotor de justiça liga para parentes de detentos dizendo que ocorrerá um mutirão e que o parente da vítima preso irá ser solto, mas para isso a vítima tem que depositar certa quantia em razão de despesas processuais.

- O golpe do falso ouro – pessoas se passando muitas vezes por ciganos tentam vender bijuterias como se fosse ouro.

- O golpe do falso empréstimo: muitas vezes empresas de empréstimos são anunciadas em rádios, jornais e mídias, oferecendo empréstimos a juros baixos e com sem burocracia, a vítima liga nesses locais e é informada que para ter o empréstimo liberado em sua conta precisa depositar, uma “taxa de seguro” ou outros tipos de taxas para ter acesso ao empréstimos e quando a vítima percebe se tratar de um golpe já efetuou dois ou três depósitos.

Existe uma grande dificuldade para apurar tais crimes, uma vez que os aparelhos celulares são comprados por “laranjas” muitas vezes utilizando documentos falsos, sendo que tais aparelhos celulares são usados de dentro de presídios espalhados pelo Brasil, os quais são utilizados por algumas semanas e depois descartados.

As contas correntes utilizadas pelos estelionatários também são abertas muitas vezes com o uso de documentos falsos, o que impede a real identificação dos golpistas.

            A população deve ficar atenta com tais golpes, uma vez que os estelionatários são em geral pessoas articuladas e que conseguem passar a imagem de honestidade.

            Nunca deposite dinheiro em contas correntes ou efetue compra de créditos de aparelho celulares para estranhos; nunca converse com estranhos na rua os quais oferecem um negócio aparentemente tentador, pois tais golpistas utilizam a ganância do dinheiro fácil para se aproveitar das vítimas; em caso de dúvidas sobre um negócio contate um advogado ou mesmo um policial civil ou militar.

Desconfie sempre do negócio fácil com grande lucro.

            Nunca entregue cópia de seus documentos pessoais a estranhos, e se perdê-los registre um Boletim de Ocorrência, pois tais documentos podem ser utilizados para abertura de conta corrente, empresas e utilizados para concessão de empréstimos, gerando grandes transtornos. 



compartilhe:











New Page 8

 
Notícias >  Cultura  |  Esportes  |  Economia  |  Geral  |  Polícia  |  Política

Classificados >  Geral  |  Imóveis  |  Veículos

Home       Fale Conosco  

Fone:35 8705-5331
Todos direitos reservados.