Minas Acontece - Pais e alunos se manifestam para desocupar escolas públicas em Alfenas
Minas Acontece - O que acontece em Minas você fica sabendo primeiro aqui! Notícias: Alfenas - Guaxupé - Machado - Pouso Alegre
Minas Acontece Home    Fale Conosco  

Galeria de Fotos   |   Vídeos  

PÁGINA PRINCIPAL  |  ALFENAS  |  GUAXUPÉ  |  JURUAIA  |  MACHADO  |  PARAGUAÇU  |  POÇOS DE CALDAS  |  POUSO ALEGRE  |  SERRANIA  |  VARGINHA
Polícia       Política       Geral       Economia       Esporte       Cultura       Eventos       Guia Comercial      Contato Buscar:


Pais e alunos se manifestam para desocupar escolas públicas em Alfenas
11/11/2016
compartilhe:

Por Pedro Alencar Azevedo

Uma professora a favor da ocupação teve que ser contida por colegas. Veja no vídeo!

height=374

As ocupações organizadas por partidos de esquerda, militantes do MST, professores, alguns universitários da Unifal, não deram certo, pois não aconteceu como eles esperavam e estão enfrentando resistência da população. O feitiço se virou contra os feiticeiros.

height=281

Após os alunos do terceiro ano da escola Estadual Doutor Emílio da Silveira se revoltarem na última terça-feira (08/11) e oferecerem resistência à ocupação do prédio, alunos e familiares de outras escolas estaduais resolveram se manifestar também contra as ocupações e estão oferecendo resistência. Lotaram as outras duas escolas que estão ocupadas.

height=497

Na quarta-feira (09/10), os alunos e familiares foram até Escola Estadual Professor Judith Viana, onde houve uma manifestação contra a ocupação do prédio e após muita pressão, ficou acordado que as aulas terão retorno na próxima quarta-feira (16/11). Porém existe certa desconfiança de que esse acordo será cumprido já que o diretor e alguns professores apoiam as ocupações.

Na noite desta quinta-feira (10/11), a direção da Escola Estadual Napoleão Salles no bairro Vista Grande convidou os pais e alunos para uma assembleia para discutir o futuro das ocupações na escola. A escola lotou e a maioria dos participantes contra a ocupação.

height=252

O clima ficou tenso quando a professora Vilma que é a favor da ocupação, perdeu o controle e tentou agredir uma mãe de aluno contra a ocupação. A professora teve que ser contida por colegas de trabalho e retirada do local. Na semana passada, Vilma através de mensagens no Whatsapp também ameaçou de agredir fisicamente a equipe do Minas Acontece devido a reportagem feita na semana passada relatando reclamações de vizinhos referente a ocupação.

Ficou acordado que a partir da próxima quarta-feira (16/11) as aulas voltaram à normalidade. As atividades da “ocupação” continuaram juntamente com as aulas, porem não terão mais as salas de aulas e foi proibida a entrada dos ocupantes na cozinha. Vão ter que comer fora da escola.

A principal divergência entre pais de alunos e professores foi sobre a reposição das aulas perdidas. Como já havíamos denunciado aqui, os professores estavam cumprindo horário na escola normalmente e não irão repor as aulas perdidas. Os pais de alunos prejudicados disseram que vão buscar seus direitos.

height=465

O Movimento dos Sem Terras (MST) do assentamento na Usina em Campo do Meio, Partido dos Trabalhadores (PT) e um grupo de universitários da UNIFAL simpatizantes de partidos de esquerda estão por trás das invasões das escolas publicas no Sul de Minas. São responsáveis pela ESTRUTURA e orientação POLITÍCA para os ocupantes. Tática de guerrilha.

As “ocupações” fracassaram na cidade de Alfenas, pois a três escolas estaduais que estavam ocupadas, mas diante da pressão de pais e alunos contra, os lideres das ocupações foram obrigados a recuar e as aulas retornaram após o feriado prolongado em todas escolas que estavam ocupadas. O objetivo era que parasse tudo e que as aulas fossem interrompidas para poderem doutrinar os adolescentes com suas ideologias politicas. Os alunos seriam obrigados a receber orientação politica para atingirem o objetivo de mobilizar a população para uma greve geral que o PT marcou no Brasil inteiro nesta sexta-feira (11/11). Porém em Alfenas não obtiveram êxito, pois foram enfrentados por opositores, alunos e familiares.

Venceu a democracia!

Veja o vídeo da desocupação na Escola Napoleão Salles:




 




compartilhe:










New Page 8

 
Notícias >  Cultura  |  Esportes  |  Economia  |  Geral  |  Polícia  |  Política

Classificados >  Geral  |  Imóveis  |  Veículos

Home       Fale Conosco  

Fone:35 8705-5331
Todos direitos reservados.