Minas Acontece - Secretário de Obras admite risco em barragem da Dique 2 em Pouso Alegre
Minas Acontece - O que acontece em Minas você fica sabendo primeiro aqui! Notícias: Alfenas - Guaxupé - Machado - Pouso Alegre
Minas Acontece Home    Fale Conosco  

Galeria de Fotos   |   Vídeos  

PÁGINA PRINCIPAL     |     ALFENAS     |     MACHADO     |     POÇOS DE CALDAS     |     POUSO ALEGRE     |     VARGINHA     
Polícia       Política       Geral       Economia       Esporte       Cultura       Eventos       Guia Comercial      Contato Buscar:


Secretário de Obras admite risco em barragem da Dique 2 em Pouso Alegre
3/12/2016
compartilhe:

Após minimizar riscos, Serra reconheceu necessidade de nova comporta. Laudo apontou problemas que colocariam moradores da região em risco.

height=328

 

Matéria extraída do G1

Após minimizar os problemas na barragem da Avenida Dique 2, o secretário de Obras de Pouso Alegre, Welington Serra, voltou atrás e admitiu riscos na estrutura do local, nesta quarta-feira (30). A barragem tem tido a segurança questionada pela equipe de transição de Rafael Simões (PSDB), prefeito eleito na cidade para o mandato que começa em 2017.

Segundo Serra, a comporta da barragem precisa ser substituída. "Ela, do jeito que está aí, não aguenta realmente. Ela tem que ser feita uma nova comporta com reforço. Nós já estamos providenciando isso e já está sendo feito. Isso deve dar mais uma semana, dez dias", disse o secretário.

Um laudo encomendado pela equipe do futuro prefeito apontou problemas falta de telhas na casa de máquinas e motores, quadro de acionamento de bombas sem condições técnicas e uma comporta danificada, além de sujeira e entulho na bacia para acumulação de água.

"Uma comporta dessa com essas peças que fizeram, soldas tentando remendar a comporta, isso é um conjunto que deve pesar em torno de 300 a 350 quilos. A comporta prevista em projeto é uma comporta de um fabricante em ferro fundido, que existe no Brasil, a comporta pesa 2.534 quilos", afirmou o engenheiro civil Argeu Quintanilha, que produziu o laudo sobre a barragem.

Ainda segundo o laudo, o estado de conservação da barragem e do sistema de bombeamento coloca em risco moradores da região. "Essa água, que está entrando sob pressão, encontra juntas inadequadas entre os seguimentos. Ela vaza pelas juntas e a água começa a fluir pelo pé do dique auxiliar. Isso pode um dia levar que esse dique inteiro vá ruir", explicou Quintanilha.


A barragem

O Dique 2 é parte de um sistema de contenção de enchentes e foi inaugurado em maio de 2014, quando a avenida construída sobre a barragem, a Avenida Vereador Hebert de Campos ou Dique 2, ficou pronta. Desde então, a infraestrutura da avenida passou por várias reformas.

Em março deste ano, essa mesma comporta se rompeu. A água chegou perto de algumas casas e a Defesa Civil alertou para o risco de enchente. Pás de duas máquinas e pedras foram improvisadas para segurar a comporta danificada. Na época, o prefeito Agnaldo Perugini (PT) levantou a suspeita de sabotagem e negou problemas na estrutura de contenção de enchentes.

Fonte: G1


compartilhe:










New Page 8

 
Notícias >  Cultura  |  Esportes  |  Economia  |  Geral  |  Polícia  |  Política

Classificados >  Geral  |  Imóveis  |  Veículos

Home       Fale Conosco  

Fone:35 8705-5331
Todos direitos reservados.