Minas Acontece - Supermercado e drogaria são alvos de criminosos no Bairro Santa Edwiges
Minas Acontece - O que acontece em Minas você fica sabendo primeiro aqui! Notícias: Alfenas - Guaxupé - Machado - Pouso Alegre
Minas Acontece Home    Fale Conosco  

Galeria de Fotos   |   Vídeos  

PÁGINA PRINCIPAL  |  ALFENAS  |  ALTEROSA  |  AREADO  |  CAMPOS GERAIS  |  GUAXUPÉ  |  JURUAIA  |  MACHADO  |  PARAGUAÇU  |  
POÇOS DE CALDAS  |  POUSO ALEGRE  |  SERRANIA  |  VARGINHA
Polícia       Política       Geral       Economia       Esporte       Cultura       Eventos       Guia Comercial      Contato Buscar:


Supermercado e drogaria são alvos de criminosos no Bairro Santa Edwiges
29/11/2017
compartilhe:

Os comércios pertencem a mesma família e ficam localizados na mesma rua.

height=288 

Em Alfenas, nesta noite de terça-feira (28/07), a Polícia Militar foi acionada via 190 para atender duas ocorrências de assaltos na Rua Pedro Alberto Leite, bairro Santa Edwiges. O supermercado Lacerda e a drogaria Lacerda foram roubados quase simultaneamente por meliantes diferentes.

No Supermercado, as vítimas alegaram que o supermercado já estava fechando, quando chegaram 02 (Dois) indivíduos morenos, magros, aparentando aproximadamente 1,70 de altura, ambos de calça preta com listras brancas e blusa de moletom cinza, com toucas na cabeça, sendo um deles com uma arma de fogo aparentando ser um revolver pequeno, anunciaram um assalto e foram retirando o dinheiro de 03 (três) caixas, sendo contabilizados os valores levados em R$ 1.500,00 (Um mil e quinhentos reais). Após os indivíduos evadiram a pé descendo correndo pela rua Prudente de Morais, não sabendo informar se evadiram em algum veículo.

height=293

Na drogaria, localizada no mesmo quarteirão, a vítima alegou que um indivíduo moreno, aproximadamente 1,65 de altura, trajando camiseta azul e bermuda e uma camiseta cor laranja na cabeça, o qual levou a mão na cintura e ameaçou a vítima alegando estar armado e exigiu que a entregasse o dinheiro do caixa, sendo entregue ao autor aproximadamente R$ 400,00 (Quatrocentos) Reais em dinheiro, tendo o autor evadido a pé sentido a Rua Imperatriz. A vítima alega que viu apenas o volume por baixo da camisa do autor, não sabendo informar se realmente estava armado.

Em ambos os casos a PM registrou o boletim de ocorrência. Foi realizado rastreamento, mas até a publicação desta reportagem nenhum suspeito foi preso. Os estabelecimentos comerciais tem circuito de monitoramento, porém os proprietários não divulgam.

 

Por Pedro Alencar Azevedo



compartilhe:











New Page 8

 
Notícias >  Cultura  |  Esportes  |  Economia  |  Geral  |  Polícia  |  Política

Classificados >  Geral  |  Imóveis  |  Veículos

Home       Fale Conosco  

Fone:35 8705-5331
Todos direitos reservados.