Campos gerais

Operação da Polícia Civil prendeu membros de facções envolvidos na morte de um homem em Campos Gerais

O crime ocorreu em dezembro do ano passado, a vítima tinha sobrevivido a um atentado meses antes.

17 de junho de 2022

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram

Conforme havíamos noticiados na manhã de quarta-feira (15/06), a Polícia Civil (PCMG) por meio das delegacias regionais de Alfenas e Varginha, deflagraram a Operação Tribunal Paralelo, que contou com 17 policiais civis para prender membros de uma facção criminosa.

Um dos presos seria do alto escalão de uma facção criminosa, teria ordenado a morte de um homem de 41 anos, na cidade de Campos Gerais, em dezembro do ano passado, quando se desentenderam dentro de um presídio onde cumpriam pena. Os assassinos também são do alto escalão da facção, conforme apurou as investigações da Polícia Civil.

Os mandados de busca e apreensão e de prisões preventivas foram cumpridos nas cidades de Elói Mendes e Varginha, porções de drogas foram apreendidas.

O Delegado Regional, Dr. Marcio Bijalon, informou que “tal ação mostra o empenho da equipe de policiais e servidores da Delegacia de Regional e seu delegado titular, Dr. Eduardo, em combater a criminalidade, sendo mais uma ação exitosa por parte da equipe, que sempre pode contar com o apoio da Delegacia Regional de Alfenas, a qual integra”.
O Delegado de Campos Gerais, Dr. Eduardo, informou que “a Polícia Civil está atenta aos crimes cometidos a partir de organizações criminosas, de forma a trazer estabilidade e segurança ao povo mineiro. Ações como essas refletem duro golpe no crime organizado ao mesmo tempo em que traz efeito inibitório para futuras ações”

O Crime

Em dezembro do a o passado a vítima G. P., de 41 anos, foi perseguida e morta por disparos de arma de fogo, sendo que testemunhas afirmaram que a vitima estava retornando do trabalho e a aproximadamente 50 metros de sua residência, enquanto transitava em sua motocicleta, ao converter a esquina de uma rua, foi surpreendido por dois indivíduos que já o aguardavam na esquina, que estavam a pé, ao menos um deles armado com arma de fogo, cercaram a vitima e dispararam contra ela ainda em transito. A vitima assustando-se com a abordagem deixou cair a motocicleta que conduzia e correu em direção a uma residência da vizinhança que estava de porta aberta, os indivíduos correram atrás da vitima disparando e a vitima caiu na sala da residência onde faleceu. Os indivíduos autores do crime, após os disparos correram e montaram em uma motocicleta que estava estacionada próximo a uma fabrica de blocos, evadindo-se do local.

Da Redação