Alfenas

Receita Federal deflagra operação de combate à importação irregular de equipamentos eletrônicos na cidade de Alfenas

Além de Alfenas, outras três cidades no Sul de Minas foram alvos da operação.

30 de junho de 2022

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram

A Receita Federal com o apoio da Polícia Militar (PMMG) deflagrou na manhã desta quarta-feira (29/06), uma operação para combater a importação irregular de mercadorias por empresas de equipamentos eletrônicos nas cidades de Alfenas, Pouso Alegre, Três Corações e Varginha

.

A operação investiga a compra de mercadorias importadas de forma irregular e também a importação do que é considerado lixo eletrônico usados em países mais desenvolvidos, que são comercializadas com valores abaixo dos praticados no mercado para novos aparelhos. Todos esses itens estão entrando de forma irregular no país, já que estão sujeito às regras de importação de mercadorias.

O serviço de inteligência da Receita Federal apontou que nenhum deles tem nota fiscal emitida dos produtos que estão vendendo e dos que foram apreendidos na operação. A importação irregular de mercadorias é crime de descaminho que está previsto no Código Penal, a pena é de reclusão de 1 a 4 anos.

O nome da operação que contou com 25 auditores-fiscais, analistas tributários e servidores administrativos da Receita Federal, além de 14 policiais militares, foi batizada de “Grey Line” é referência a uma linha de produtos de uma marca de equipamentos eletrônicos. De acordo com as investigações, os importadores do Sul de Minas se referem aos aparelhos importados de forma irregular como aparelhos da “linha cinza” (em inglês, Grey Line).

Da Redação